Tendências de Trabalho indicam diferentes rumos para carreiras

Pesquisa "Índice de Tendências de Trabalho" feita pela Microsoft aponta busca pela saúde mental como prioridade e crescimento de reuniões online em mais de 100%


A Microsoft divulgou recentemente o relatório "Índice de Tendências de Trabalho", com base em pesquisas com 31 mil pessoas em 31 países e análises de trilhões de informações sobre produtividade e trabalho. Flexibilidade para atuar de forma híbrida entre home office e escritório, maior contato com os funcionários, diversidade e inclusão, e cuidado com saúde mental são algumas das tendências.


Uranio Bonoldi, especialista em cargos de alta gestão, é autor do livro "A Contrapartida", onde aborda temas importantes para o desenvolvimento tanto na vida pessoal, como no ambiente corporativo e na sociedade. O consultor destaca os seguintes dados do relatório:

• 67% das pessoas querem mais tempo de contato pessoal com os colegas de trabalho ao mesmo tempo que 73% preferem a flexibilidade de home office, sendo que 66% dos líderes dizem planejar um redesenho dos espaços para comportar esse modelo;

• 46% das pessoas pensam em se mudar geograficamente enquanto atuam de forma remota;

• 61% dos que ocupam cargos de decisão estão lidando melhor com esse momento do que os outros funcionários da equipe (38%), que estão sentindo desconexão e esperam mais empatia dos superiores;

• 54% dos funcionários sentem-se sobrecarregados;

• As reuniões online cresceram 148%;

• Cresceu duas vezes e meia o tempo gasto em reuniões online por semana;

• Busca por saúde mental tornou-se prioridade.


(foto: Unplash)

Posts recentes

Ver tudo