5 Toques para usar Máscaras de Tecido

Na pandemia do coronavírus, um acessório se provou eficaz desde o início: as máscaras. Veja - ou reveja! - como usá-las para sua maior proteção contra a doença contagiosa



O uso coletivo de máscaras se mostra cada vez mais essencial para a proteção e bem-estar de cada indivíduo durante a pandemia pela Covid-19. Há pesquisas que dizem que vamos ter que usá-las ainda por muitos anos, mesmo com a chegada das vacinas.


Grandes e pequenas empresas, inclusive autônomos, passaram a desenvolver máscaras de tecido. Só neste ano, o Fashion Masks, startup de moda criada em meio à pandemia para desenvolver projetos de inclusão social e geração de renda para trabalhadores informais, produziu mais de 150 mil máscaras para todo o Brasil.


A empresa trabalha com máscaras com dupla e tripla camadas, confeccionadas com tecidos de algodão, de TNT e antivirais, essas com eficácia comprovada em laboratórios da Austrália e Suíça. A startup segue as normas do Ministério da Saúde para produção de máscaras de tecido e toda a rede de colaboradores é instruída a utilizar materiais de segurança (álcool em gel e máscara) durante o manuseio dos produtos.


Brenno Faro, CEO do Fashion Masks, separou algumas dicas na hora de usar as máscaras de tecido, para que a proteção contra o vírus seja eficaz. Confira:

1- Troque a máscara a cada 2 horas

As máscaras de tecido devem ser trocadas a cada 2 horas, pois o tecido fica úmido e perde a sua função de barreira. Quando for necessário sair de casa, o ideal é levar a quantidade de máscaras necessárias para realizar cada troca. Também é recomendado colocar a máscara em um saco plástico até que possa ser realizada a lavagem.

2 - Lave as máscaras entre os usos

As máscaras de tecido devem ser lavadas com sabão neutro, deixando de molho por, pelo menos, 15 minutos. Após a lavagem, deixe secar naturalmente antes de usar.

3 - Não encoste no tecido da máscara

Quando for manusear a máscara, não toque no tecido frontal, mesmo que suas mãos estejam limpas. Toque apenas nos elásticos.

4- Se puder, dê preferência para máscaras com tecidos antivirais

As máscaras antivirais possuem eficácia contra o coronavírus comprovada em laboratório. O tecido desativa o vírus por conter partículas de sal de prata com poder inibidor do crescimento microbiológico e uma vesícula de gordura (lipossoma) que ajuda a destruir a membrana protetora do coronavírus e, consequentemente, o próprio vírus. Elas são compostas por três camadas de malha 100% algodão, sendo as duas primeiras hidrofóbicas (com repelência à água) e a última camada antiviral.

5- Escolha modelos que cubram por completo

As máscaras devem ter um tamanho adequado para cobrir o nariz, boca e queixo e devem se ajustar corretamente ao rosto, de forma que o tecido fique bem rente à pele. É importante lembrar que a máscara não pode ser removida para falar, espirrar, ou usada na testa e pescoço.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Feriadão: o que fazer em casa?

Quatro atividades para fazer em casa com a família ou só durante os dias de folga de Páscoa Como forma de conter a curva de infectados pelo coronavírus, algumas cidades e Estados irão antecipar feriad

  • Branca Ícone Instagram
  • Ícone do Facebook Branco
  • Ícone do Twitter Branco

Receba nossas atualizações

© 2021 REVISTA BENDITA